CLINICA DE CIRURGIA PLASTICA EM SANTOS DRA ANA LUCIA LEMOS BIOESTIMUJLADOR DE COLAGENO 19.07.21

Bioestimuladores de colágeno e fios de sustentação: como agem na flacidez?

A flacidez e outros efeitos do envelhecimento no corpo são inevitáveis, mas você pode se preparar melhor para recebê-los. Com a aplicação de bioestimuladores de colágeno e fios de sustentação, por exemplo.

Optar por esses procedimentos também é uma ótima estratégia para prevenir a perda de viço e de elasticidade da pele, além de manter uma boa alimentação e a prática regular de exercícios físicos.

Os efeitos prejudiciais da exposição à radiação ultravioleta, tabagismo e outros maus hábitos têm papel na flacidez, mas a pele já sofre, de uma forma ou de outra, com algumas consequências próprias do envelhecimento, que são:

1. Afinamento da derme;
2. Redução do número e do tamanho das fibras elásticas;
3. Desorganização e compactação das fibras de colágeno;
4. redução da produção de colágeno com aumento da sua degradação.

Por isso que, exteriormente, a pele se torna menos densa, sem brilho, com manchas e tônus reduzido.

Com a bioestimulação, gera-se uma resposta tecidual que, no caso, é a produção de colágeno. Os benefícios da técnica podem durar até 25 meses, o que depende do tipo de bioestimulador, das características do paciente e da técnica pela qual a substância é injetada. Daí a importância de escolher bem o profissional que vai realizar o procedimento em você.

Quanto maior a perda de gordura, mais fácil é de se perceber a flacidez e a perda de definição do contorno. Por isso, as regiões principais são o rosto, a papada e o pescoço. O corpo também é afetado com a diminuição de colágeno, especialmente os braços, glúteos, abdômen e coxas.

A hidroxiapatita tem composição semelhante à matriz dos ossos e dentes humanos. Porém, na sua forma injetável, é apropriado para melhorar o contorno facial e auxiliar no rejuvenescimento da pele. Ele também gera ótimos resultados quando aplicado no pescoço, região interna dos braços e joelhos, reduzindo a aparência craquelada.

Já o ácido polilático é o mesmo que já vem sendo utilizado como âncora em tecidos moles e suturas absorvíveis. Mas ele é utilizado para a flacidez e, por isso, tendem a provocar a bioestimulação mais direta.

Os fios de sustentação são também considerados bioestimuladores de colágeno. Além do mesmo mecanismo de estímulo à produção da proteína, ele é responsável pelo efeito lifting de sustentação dos tecidos.

O diferencial dos fios de sustentação é que com eles se faz a técnica que alonga a porção final da sobrancelha e valoriza o olhar.

Os bioestimuladores de colágeno, incluindo os fios de sustentação, atenuam os efeitos do envelhecimento na aparência da pele de forma segura, eficaz e duradoura.

Cirurgia Plástica em Santos
Dra. Ana Lúcia Lemos | Cirurgiã Plástica CRM 85.517
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 18.555

Clínica de Cirurgia Plástica em Santos
(13) 99790.2280 | (13) 3271.7065 | (13) 3231.5184
Segunda a Sexta 8 às 20 horas | Sábados 8 às 13 horas
Rua Almirante Cochrane, 137 | Embaré | Santos

Gostou desse Post?

Comente

Compartilhe

Comente

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
CLINICA DE CIRURGIA PLASTICA EM SANTOS DRA ANA LUCIA LEMOS BIOSESTIMULADOR DE COLAGENO COMOS ELES ATUAM 17.08.21

Bioestimuladores de colágeno: como eles atuam?

Os bioestimuladores tem a função de acelerar a produção de colágeno pelo nosso corpo. Afinal de contas, com a idade a produção de colágeno em nosso corpo diminui e a degradação dele aumenta. Enfim, envelhecimento.

O colágeno é essencial para a estrutura, integridade e saúde dos ossos, articulações, pele, cabelos e sustentação dos órgãos, bem como, representa cerca de 25% de toda a proteína corporal. Ao mesmo tempo, sua perda ocasiona a perda da hidratação e elasticidade da pele, ocasionando o aumento e aparecimento de rugas e estrias.

Definitivamente, os bioestimuladores são uma grande opção para repor colágeno. Em síntese, são substâncias injetáveis e que estimulam as células do nosso corpo na produção de colágeno. Dessa forma, a grande vantagem é que são biocompatíveis e bioabsorvíveis, ou seja, não agridem o corpo e são absorvidas sem prejudicar o organismo.

São implantes injetáveis indicados para cirurgia plástica e reconstrutiva, incluindo aumento de tecido mole subdérmico na região facial. Atualmente, entre os mais conhecidos estão ácidos polilático, hidroxiapatita de cálcio e policaprolactona.

Ácido Polilático
Reestruturação da pele e de tecidos subjacentes e, assim, combate a perda de elasticidade e flacidez. Logo, pode ser usado tanto na face quanto em outras áreas como pescoço, colo, braços, abdômen, pernas e glúteos.

Além de melhorar os tecidos e pele, também tem a função corrigir a espessura, redefinir o contorno facial e corporal. Por outro lado, não deve se usar nos olhos e lábios.

Hidroxipatita de Cálcio
A substância tem ao mesmo tempo, a função de bioestimulador e preenchedor. Assim, é indicada para o preenchimento de áreas da face onde houve perda de estrutura, além de áreas corporais, como as mãos. Similarmente, em outras regiões do corpo como abdome, glúteos, coxas etc. A hidroxiapatita de cálcio é utilizada, frequentemente, para melhorar a qualidade da pele e redução da flacidez.

Policaprolactona
Sua composição é à base de água com microesferas de policaprolactona. Dessa forma promove um preenchimento instantâneo e estimula a produção de colágeno. É um bioestimulador extremamente versátil e indicado para tratamento de diversas regiões: testa; maçãs do rosto; queixo; têmporas; bigode chinês e mandíbula.

Conforme as indicações, a Hidroxiapatita e o Ácido Polilactico podem ser usados tanto no rosto, quanto em outras partes do corpo, com algumas restrições (lábios e olhos). Por outro lado, a Policaprolactona é utilizada na face.

A princípio o efeito dura no mínimo 12 meses. Frequentemente, pode variar conforme hábitos e características pessoais. Por outro lado, algumas marcas e novos produtos alegam duração de 4 anos em alguns casos.

Cirurgia Plástica em Santos
Dra. Ana Lúcia Lemos | Cirurgiã Plástica CRM 85.517
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 18.555

Clínica de Cirurgia Plástica em Santos
(13) 99790.2280 | (13) 3271.7065 | (13) 3231.5184
Segunda a Sexta 8 às 20 horas | Sábados 8 às 13 horas
Rua Almirante Cochrane, 137 | Embaré | Santos

Gostou desse Post?

Comente

Compartilhe

Comente

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
clinica-de-cirurgia-plastica-em-santos dra ana lucia lemos harmonizaçao facial 09.01.21

Bioestimuladores de Colágeno ou Fios de Sustentação?

O preenchimento com bioestimuladores é uma técnica de rejuvenescimento facial utilizada para amenizar depressões e sulcos da pele. O tratamento é feito através de injeção de um produto no local a ser tratado. Existem três tipos de substâncias utilizadas para esta técnica:

Uma substância denominada hidroxiapatita de cálcio, utilizada para correção de depressões profundas e preenchimento de mãos. Sua função é dupla: estímulo da produção de colágeno ou preenchimento facial. Cerca de 2 a 3 sessões com intervalos de um mês entre uma e outra são o suficiente para obter resultados. Sua ação permanece no organismo em média 2 anos.

O ácido poli-L-lático, utilizado para o tratamento de rejuvenescimento facial como um ótimo estimulador de colágeno. Ajuda a restaurar o contorno e volume facial, também melhora a flacidez de outras áreas do corpo, como braços, glúteos e abdômen. São necessárias, em média, 3 sessões para que os resultados comecem a aparecer. E os efeitos duram em torno de 2 anos.

Uma outra substância é composta por 2 ativos – carboximetilcelulose e policaprolactona. O estimulante é indicado para tratamento de rugas faciais e flacidez, trazendo resultados bem naturais. Além disso, tem o objetivo de melhorar a textura da pele, deixando-a firme, com aparência saudável e sedosa.

Outra técnica bastante utilizada para rejuvenescimento facial são os fios de sustentação. Trata-se de fios produzidos com ácido polilático que podem ser inseridos fazendo a fixação da pele ao tecido subcutâneo.

O procedimento é indicado para pacientes que possuem linhas de expressão e rugas profundas. Em síntese, com a técnica, é possível diminuir a flacidez, eliminar o bigode chinês, levantar as maçãs do rosto, eliminar a papada, estimular a produção de colágeno e devolver o contorno da face e do pescoço. Além disso, também pode ser utilizado para o reposicionamento das sobrancelhas.

Os efeitos dos fios de sustentação podem ser notados imediatamente, porém, o levantamento dos tecidos atinge o resultado máximo em pelo menos 40 a 60 dias após o procedimento. Nos seis meses seguintes, o ácido polilático irá estimular os fibroblastos produzindo colágeno, resultando em uma pele mais firme.

O efeito pode durar por até doze meses, quando os fios são degradados e absorvidos pelo organismo. No entanto, o colágeno produzido a partir da estimulação dos fios continuará presente na pele, contribuindo para a desaceleração do envelhecimento.

Existem várias técnicas que contribuem para o rejuvenescimento facial. Além disso, proporcionam resultados naturais e uma aparência mais jovem, estimulando a produção de colágeno, eliminando rugas e papadas, entre muitos outros benefícios.

No entanto, a escolha de qual procedimento será realizado vai depender do grau de envelhecimento e do que o paciente deseja melhorar.

Dra. Ana Lúcia Lemos | Cirurgiã Plástica CRM 85.517
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 18.555

Clínica de Cirurgia Plástica em Santos
(13) 99790.2280 | (13) 3271.7065 | (13) 3231.5184
Segunda a Sexta 8 às 20 horas | Sábados 8 às 13 horas
Rua Almirante Cochrane, 137 | Embaré | Santos

Gostou desse Post?

Comente

Compartilhe

Comente

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
clinica de cirurgiaplasticaemsantosdraanalucialemosbiosestimuladordecolageno

Pele saudável com bioestimuladores de colágeno.

Pele com mais firmeza, textura e brilho na medida certa são os maiores desejos da maioria das mulheres. Em resposta, os cirurgiões plásticos vêm apostando nos chamados bioestimuladores, ativos que estimulam a produção do colágeno e promovem um efeito rejuvenescedor, com resultado natural e progressivo.

A aplicação é semelhante a do ácido hialurônico. O produto é distribuído em alguns pontos da face, o estímulo do colágeno acontece por até 18 meses após a aplicação, mas o resultado não é igual para todos. Depende da capacidade individual de produzir colágeno, que pode ser influenciada pela idade, tipo de pele e estilo de vida, que inclui tabagismo, exposição solar intensa e atividade física de alta performance, entre outros.

No rosto, é indicado para áreas de pouca mobilidade para dar sustentação, indicado para amenizar rugas e marcas de expressão moderadas e contraindicado na região dos olhos e boca. Recomendado também para pescoço e colo.

Nas mãos, trata a perda de volume disfarçando os tendões e minimizando a flacidez da pele. No corpo, trata celulite e flacidez dos braços, coxas, glúteos e abdômen, reforça o combate à flacidez.

Além do efeito de preenchimento imediato, estimula a produção natural de colágeno e age na recuperação, firmeza e elasticidade da pele. Ao estimular o colágeno, melhora o contorno facial e corporal e atenua sulcos, rugas e marcas de expressão. Não é um preenchedor, mas pode resultar em um leve volume, mais natural.

Clínica de Cirurgia Plástica e Estética em Santos
(13) 99790.2280 | (13) 3271.7065 | (13) 3231.5184
Segunda a Sexta 8 às 20 horas | Sábados 8 às 13 horas
Rua Almirante Cochrane, 137 | Embaré | Santos

Gostou desse Post?

Comente

Compartilhe

Comente

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp