clinica de cirurgia plastica em santos dra ana lucia lemos drenagem linfatica 30.12

Conheça os benefícios da drenagem linfática no pós-operatório de cirurgia plástica.

É normal que após a cirurgia plástica o organismo retenha líquidos em uma quantidade maior do que consegue eliminar naturalmente. Por isso, para diminuir o inchaço pós-cirúrgico e ter uma recuperação mais rápida e natural é indicado a drenagem linfática.

Graças aos movimentos circulares e a pressão usada neste tipo de massagem, consegue-se melhorar o fluxo sanguíneo, diminuir a retenção de líquidos, aliviar as dores, acelerar a cicatrização, reduzir fibroses, eliminar marcas e hematomas e nutrir as células.

O procedimento é indicado para a recuperação de inúmeras cirurgias plásticas porque ativa a circulação celular, movimentando placas que podem ficar paradas na região operada, desinchando e evitando a deformidade na região.

Engana-se quem pensa que essa massagem ajuda a emagrecer. Uma vez que ela não elimina gordura, mas sim água, sua principal missão é liberar os pontos de inchaço causados pelo líquido acumulado.

No caso do pós-operatório, a drenagem linfática estimula a circulação por causa dos movimentos específicos na região operada e ainda regenera os tecidos, eliminando edemas que podem aparecer após a cirurgia plástica.

A drenagem linfática deve ser feita de maneira suave, sem imposição de força para não comprometer os vasos linfáticos, nem prejudicar o período de recuperação natural da pele durante o pós-operatório.

Dra. Ana Lúcia Lemos | Cirurgiã Plástica CRM 85.517
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 18.555

Clínica de Cirurgia Plástica em Santos
(13) 99790.2280 | (13) 3271.7065 | (13) 3231.5184
Segunda a Sexta 8 às 20 horas | Sábados 8 às 13 horas
Rua Almirante Cochrane, 137 | Embaré | Santos

 

Gostou desse Post?

Comente

Compartilhe

Comente

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
clinica de cirurgia plastica em santos dra. ana lucia lemos

Porque fazer drenagem linfática após cirurgia plástica?

A drenagem linfática dermatofuncional é indicada especialmente após a cirurgia plástica para garantir a aceleração do processo de recuperação e na prevenção de complicações. Ela tem como objetivo a redução do inchaço, a manutenção dos movimentos, aperfeiçoamento das cicatrizes e prevenção ou redução das aderências cicatriciais. Além disso, ajuda diminuir hematomas, fibroses, melhora a circulação sanguínea e o retorno venoso, aumenta a oxigenação tecidual e diminui o tempo de recuperação após a cirurgia plástica.

Alguns dos recursos utilizados para tal efeito são drenagem linfática, ultrassom, eletroestimulação, crioterapia, massagem e a cinesioterapia, no entanto, o número de sessões vai depender do tipo de cirurgia plástica e da avaliação no pós-operatório imediato indicado pelo o seu cirurgião plástico.

Dra. Ana Lúcia Lemos | Cirurgiã Plástica CRM 85.517
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 18.555

Clínica de Cirurgia Plástica em Santos
(13) 99790.2280 | (13) 3271.7065 | (13) 3231.5184
Segunda a Sexta 8 às 20 horas | Sábados 8 às 13 horas
Rua Almirante Cochrane, 137 | Embaré | Santos

Gostou desse Post?

Comente

Compartilhe

Comente

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
WhatsApp Image 2019-08-05 at 15.32.58

Qual a função da drenagem linfática?

A principal função da drenagem linfática é acelerar o processo de retirada dos líquidos acumulados entre as células, e os resíduos metabólicos; encaminhando-os aos vasos capilares e, por meio de movimentos específicos, direcionando para que sejam eliminados. Essa técnica de massagem também estimula a regeneração dos tecidos, melhora o sistema imunitário, é relaxante e tranquilizante, combate a celulite e a gordura localizada e ainda melhora a ação anti-inflamatória do organismo.

De forma manual a drenagem é feita a partir de círculos com as mãos e com o polegar, movimentos combinados e pressão moderada. É importante saber que essa técnica é contraindicada para pessoas com infecções agudas, insuficiência cardíaca, trombose, hipertensão, câncer, asma brônquica e bronquite asmática.

Dra. Ana Lúcia Lemos | Cirurgiã Plástica CRM 85.517
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 18.555

Clínica de Cirurgia Plástica em Santos
(13) 99790.2280 | (13) 3271.7065 | (13) 3231.5184
Segunda a Sexta 8 às 20 horas | Sábados 8 às 13 horas
Rua Almirante Cochrane, 137 | Embaré | Santos

Gostou desse Post?

Comente

Compartilhe

Comente

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp