É normal que após a cirurgia plástica o organismo retenha líquidos em uma quantidade maior do que consegue eliminar naturalmente. Por isso, para diminuir o inchaço pós-cirúrgico e ter uma recuperação mais rápida e natural é indicado a drenagem linfática.

Graças aos movimentos circulares e a pressão usada neste tipo de massagem, consegue-se melhorar o fluxo sanguíneo, diminuir a retenção de líquidos, aliviar as dores, acelerar a cicatrização, reduzir fibroses, eliminar marcas e hematomas e nutrir as células.

O procedimento é indicado para a recuperação de inúmeras cirurgias plásticas porque ativa a circulação celular, movimentando placas que podem ficar paradas na região operada, desinchando e evitando a deformidade na região.

Engana-se quem pensa que essa massagem ajuda a emagrecer. Uma vez que ela não elimina gordura, mas sim água, sua principal missão é liberar os pontos de inchaço causados pelo líquido acumulado.

No caso do pós-operatório, a drenagem linfática estimula a circulação por causa dos movimentos específicos na região operada e ainda regenera os tecidos, eliminando edemas que podem aparecer após a cirurgia plástica.

A drenagem linfática deve ser feita de maneira suave, sem imposição de força para não comprometer os vasos linfáticos, nem prejudicar o período de recuperação natural da pele durante o pós-operatório.

Dra. Ana Lúcia Lemos | Cirurgiã Plástica CRM 85.517
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 18.555

Clínica de Cirurgia Plástica em Santos
(13) 99790.2280 | (13) 3271.7065 | (13) 3231.5184
Segunda a Sexta 8 às 20 horas | Sábados 8 às 13 horas
Rua Almirante Cochrane, 137 | Embaré | Santos

 

Gostou desse Post?

Comente

Compartilhe

Comente

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Shopping Basket