...

Não apenas as cirurgias plásticas, mas qualquer intervenção cirúrgica invasiva que necessite a realização de incisões na pele, corre o risco de deixar marcas futuras. Para evitar este efeito colateral, a medicina vem desenvolvendo técnicas para amenizar o problema, e uma que tem se mostrando bem eficiente na função é a chamada de cola cirúrgica.

A cola cirúrgica é uma substância que, literalmente, cola os locais suturados. É importante ressaltar que a cola cirúrgica não substitui a realização dos pontos, mas auxilia no fechamento de incisões diminuindo a incidência de cicatrizes.

Neste caso, os pontos cirúrgicos são subcutâneos e devem ser feitos independentemente do uso da cola. Pois são eles que dão a firmeza, promovem a sustentação e irão manter as suturas no lugar até que a regeneração natural da pele seja completada.

É importante o paciente saber que qualquer incisão no corpo provoca uma cicatriz. Quando um cirurgião plástico realiza uma cirurgia, ele busca sempre alinhar as cicatrizes de uma forma que fiquem mais escondidas, finas e discretas possíveis.

A substância que cola as cicatrizes foi desenvolvida com o objetivo de deixá-las mais finas e discretas. A grande vantagem desse produto é que ele segura a cicatriz, mantendo a força da sutura desde o pós-cirúrgico até a regressão do inchaço. Outro fator é que a cola impermeabiliza o local, auxiliando na prevenção de infecções e permitindo o contato com água logo após o procedimento.

Cirurgia Plástica em Santos
Dra. Ana Lúcia Lemos | Cirurgiã Plástica CRM 85.517
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 18.555

Clínica de Cirurgia Plástica em Santos
(13) 99790.2280 | (13) 3271.7065 | (13) 3231.5184
Segunda a Sexta 8 às 20 horas | Sábados 8 às 13 horas
Rua Almirante Cochrane, 137 | Embaré | Santos

Gostou desse Post?

Comente

Compartilhe

Comente

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Shopping Basket