Para muitos homens transexuais a presença de seios é o principal vínculo com a feminilidade. Por isso, a cirurgia plástica é a solução para assumir formas mais masculinas.

O objetivo da mastoplastia FTM (Female To male) é dar uma aparência masculina a um tórax feminino, através de uma mastectomia quase total.

Essa cirurgia plástica é indicada para pacientes que já fazem o uso de hormônios e que estão fazendo a transição FTM (Female To Male). Após este procedimento, não será mais necessário o uso do binder (faixa utilizada para esconder o volume dos seios).

É necessário que o paciente esteja certo do que quer e, por isso, muitos cirurgiões plásticos pedem o atestado psicológico: para ter certeza de que não haverá arrependimento, pois o procedimento cirúrgico é irreversível. Como toda e qualquer cirurgia plástica, será necessário assinar um termo de consentimento, a ser fornecido na consulta pré-operatória.

O cirurgião plástico vai calcular quanto de pele e tecido mamário (glândula) devem ser retirados A primeira etapa da cirurgia da mastectomia consiste na retirada da glândula em si, na maior quantidade possível.

A segunda etapa é a marcação de quando de pele sobrou e deve ser retirada. Se houver necessidade, o mamilo pode ser diminuído.

Dra. Ana Lúcia Lemos | Cirurgiã Plástica CRM 85.517
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 18.555

Clínica de Cirurgia Plástica em Santos
(13) 99790.2280 | (13) 3271.7065 | (13) 3231.5184
Segunda a Sexta 8 às 20 horas | Sábados 8 às 13 horas
Rua Almirante Cochrane, 137 | Embaré | Santos

Gostou desse Post?

Comente

Compartilhe

Comente

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Fique por dentro!

Inscreva-se para receber nosso informativo

Dra. Ana Lúcia Lemos, CRM-SP 85517 / RQE 18555.
Médica cirurgiã plástica, formada pela Faculdade de Ciências Médicas de Santos há mais de 20 anos e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Shopping Basket