O principal motivo que leva à retirada da prótese de silicone é o descontentamento feminino com o tamanho das mamas. A remoção da prótese de silicone de maneira definitiva é possível, desde que seja retirado o excesso de pele e que a região seja remodelada.

A cirurgia plástica, conhecida como explante de silicone, leva à flacidez dos seios, principalmente em próteses muito volumosas, devido ao estiramento da pele.

Isso acontece porque o tecido cutâneo estava esticado e firme com a prótese de silicone. Com a retirada é comum ficar uma sobra de pele e as mamas ficarem mais caídas e flácidas.

Muitas querem substituir a prótese de silicone por um tamanho menor, ou simplesmente retirá-las. É muito importante a paciente se orientar com um cirurgião plástico experiente, sobre a prótese de silicone proporcional a estrutura corporal, a fim de surtir um efeito mais natural, com equilíbrio e harmonia estética.

Não é recomendado o implante de prótese muito volumosa, prevendo o explante no futuro, além de levar a dores na coluna, problemas de postura, extensão de pele que pode causar ruptura das fibras e estrias. Tudo que é exagerado não combina com equilíbrio e beleza e pode gerar arrependimento.

O explante pode ser obrigatório quando ocorre uma infecção na mama, causando um endurecimento da cápsula ao redor do implante. A remoção é o principal tratamento, se através de medicamentos o problema não for resolvido. Porém, é considerado um caso raro.

Por isso deve-se avaliar a estrutura mamária, quando se coloca a prótese de silicone, para evitar perda de volume, flacidez e intercorrências. Caso precise remover o excesso de tecido, o que é muito comum, a cicatriz pode ser maior que a adquirida com o implante, em formato de “T” invertido.

Após a remoção do implante, busca-se um efeito natural no remodelamento das mamas, sem deixar de lado a firmeza dos seios. A paciente deve estar em boas condições de saúde. Portanto a avaliação médica e os exames pré-operatórios são imprescindíveis e determinantes.

O pós-operatório leva cerca de 30 dias, porém fácil de ser realizado, quando a paciente segue as devidas orientações médicas.

Dra. Ana Lúcia Lemos | Cirurgiã Plástica CRM 85.517
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 18.555

Clínica de Cirurgia Plástica em Santos
(13) 99790.2280 | (13) 3271.7065 | (13) 3231.5184
Segunda a Sexta 8 às 20 horas | Sábados 8 às 13 horas
Rua Almirante Cochrane, 137 | Embaré | Santos

Gostou desse Post?

Comente

Compartilhe

Comente

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Últimos Post´s

Fique por dentro!

Inscreva-se para receber nosso informativo

Dra. Ana Lúcia Lemos, CRM-SP 85517 / RQE 18555.
Médica cirurgiã plástica, formada pela Faculdade de Ciências Médicas de Santos há mais de 20 anos e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Shopping Basket