Os fios de sustentação utilizados para o tratamento da flacidez cutânea têm a função de tracionar e levantar a pele, além de estimular a formação do colágeno.

O resultado após a utilização de fios de sustentação não é igual aquele da cirurgia plástica chamada de lifting (ritidoplastia). No caso da cirurgia plástica, a pele é descolada, cortada, puxada para cima e costurada em outro posicionamento. Já o fio de sustentação é colocado somente com anestesia local sem corte ou cicatriz e seu poder de tração é limitado.

O resultado obtido para melhorar a flacidez da pele está relacionado à técnica utilizada para sua colocação e também seu posicionamento e ancoragem. No entanto, os fios de sustentação, além da tração e levantamento da pele, também estimulam o colágeno no local onde estão colocados. O procedimento deve ser feito em ambiente adequado com toda a assepsia necessária e realizada por médicos especialistas e treinados para esse procedimento. O conhecimento da anatomia facial, com todos as suas nuances, é fundamental para o melhor resultado final.

Dra. Ana Lúcia Lemos | Cirurgiã Plástica CRM 85.517
Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Registro de Qualificação de Especialista | RQE 18.555

Clínica de Cirurgia Plástica em Santos
(13) 99790.2280 | (13) 3271.7065 | (13) 3231.5184
Segunda a Sexta 8 às 20 horas | Sábados 8 às 13 horas
Rua Almirante Cochrane, 137 | Embaré | Santos

Gostou desse Post?

Comente

Compartilhe

Comente

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Shopping Basket